Folclore brasileiro Folclore brasileiro

brincadeiras - danças - lendas - festas - personagens


Principal Folclore brasileiro Lendas folclóricas Personagens Festas folclóricas Brincadeiras Vídeos

Folclore

Folclore pode ser entendido como conhecimento popular, inclusive a UNESCO declara o folclore como conhecimento popular.

Esses conhecimentos podem ser danças, histórias, brincadeiras, cantigas, artesanatos e lendas que são transmitidas de geração em geração pelas pessoas.

O termo folclore surgiu 22 de agosto de 1846, através das pesquisas do arqueólogo inglês William John Thoms. Em uma carta endereçada a revista The Athenaeum, de Londres, fou utilziado a palavra folklore (do inglês folk que é gente ou povo e lore que é conhecimento)

Folklore passou a ser utilizado então para se referir às tradições, costumes e superstições das classes populares. Nos anos seguintes o folclore passou a ser fonte de estudos e foram criadas várias sociedades de estudos como a "Folklore Society" (Sociedade Folclórica) em Londres.

Na América o estudo sobre o folclore também aconteceu. Foi fundada em 1888, a "American Folklore Society" (Sociedade Americana de Folclore).

No Brasil não é diferente, o folclore brasileiro é discutido por vários estudiosos durante anos, onde já houve alteração no entendimento do que é folclore

"Folklore Society" (Sociedade Folclórica)

Fundada em 1878,a Sociedade Folclórica de Londres , após inúmeros debates, considerou o folclore os estudos das:

I – Narrativas tradicionais (contos populares, contos de heróis, baladas e canções, lendas);

II – Costumes tradicionais (costumes locais, festas consuetudinárias, cerimônias consuetudinárias, jogos);

III – Superstições e crenças (bruxaria, astrologia, superstições e práticas de feitiçaria);

IV – Linguagem popular (ditos populares, nomenclatura popular, provérbios, refrões e adivinhas).

American Folklore Society

Na American Folklore Society, o estudo da área do folclore foi ampliado devido a uma composição étnica diferenciada, sendo estabelecidas quatro categorias:

I – Cantos, as crenças, os dialetos, etc.;

II – O acervo literário dos negros localizados nos Estados do Sul;

III – Os usos e costumes presentes, sobretudo entre as populações do México e do Canadá Francês;

IV – As narrativas, contos e mitos dos índios norte-americanos

Folclore brasileiro

Carta do Folclore brasileiro define em seu capítulo I o folclore como o conjunto das criações culturais de uma comunidade, baseado nas suas tradições expressas individual ou coletivamente, representativo de sua identidade social. Constituem-se fatores de identificação da manifestação folclórica: aceitação coletiva, tradicionalidade, dinamicidade, funcionalidade. Ressaltamos que entendemos folclore e cultura popular como equivalentes, em sintonia com o que preconiza a UNESCO. A expressão cultura popular manter-se-á no singular, embora entendendo-se que existem tantas culturas quantos sejam os grupos que as produzem em contextos naturais e econômicos específicos.

Personagens do Folclore brasileiro

O folclore pode ser dividido em lendas e mitos, e sempre há um ou mais personagens nas histórias .

O folclore brasileiro possui dezenas de personagens, sendo alguns criações brasileiras, como por exemplo o Boitatá que provavelmente teve origem indígena, e também há personagens que foram incluídos no folcore brasileiro como o Lobisomen.

Para conhecer melhor sobre os personagens do folcore brasileiro, acesse a página de personagens folclóricos